19 de janeiro de 2012

Olá queridissimos visitantes!!!!

Imagem: Fox News.
Tenho recebido muitos e-mails de todos os cantos do país de pessoas interessadas em embarcar, quero agradecer a todos que acompanham o blog e me escrevem, também quero me desculpar por não responder de imediato, como estou embarcada, fica um pouco difícil, mas na medida do possível, tentarei responder a todos, ok?

Nos e-mails que li, percebi que algumas dúvidas são comuns para a maioria das pessoas, por isso resolvi reunir as principais e vou responde-las pelo blog mesmo. Bom, um tópico a esclarecer é: Pessoal, não mandem curriculum pra mim, pois eu não faço seleção, posso ajudá-los indicando o caminho!!!!
A primeira coisa a se fazer quando você tem interesse em ser tripulante é: mandar seu curriculum ou cadastrá-lo no site de agências que intermediam o processo seletivo, eu embarquei pela Agência Portside de Curitiba (www.portside.com.br), em Curitiba também existe a CECETH Work on Board, temos em São Paulo a Infinity Brazil, a empresa CI Intercâmbios também trabalha com recrutamento para navios, outra que tenho conhecimento é a Staff Work, e a própria Royal Caribbean faz contratações, para isso acessem o site carreira a bordo.

Todas essas empresas têm sites e lá sempre tem muita informação sobre os processos seletivos, quando eles ocorrem, vagas disponíveis e até mesmo dicas sobre a vida a bordo, lembrando que as seleções ocorrem durante todo o ano, pois as empresas estão sempre precisando de gente pra trabalhar.

Feito esse primeiro passo, é hora de verificar a vaga para qual se candidatar e se você possui os requisitos básicos para a mesma, essa é dúvida mais comum entre os candidatos, pois todos possuímos muitas habilidades, a minha dica é: escolha uma posição na qual você tenha experiência e preencha os requisitos. Por exemplo, você quer trabalhar nas lojas do navio porque tem experiência com vendas, fala espanhol, mas seu inglês ainda está no nível básico, o que eu digo é melhore o seu nível de inglês, assista filmes, leia, estude mais até que você atinja o nível exigido (ou esteja próximo dele) para participar do processo seletivo.

Não se candidate a qualquer vaga só pra entrar, pensando que depois aqui dentro conseguirá mudar ou subir de posição porque isso é muito difícil acontecer, não “omita dados” em seu curriculum, se você escreveu lá que tem experiência como camareira, porém, nunca arrumou uma cama na vida, não pense que aqui dentro as pessoas vão te ensinar como fazer isso, lembre-se que pra quem não sabe pra onde ir, qualquer lugar serve, então, tenha seu objetivo bem claro.

Eu falo muito sobre a escolha da posição, pois quando fiz a minha entrevista para a Ibero, fiquei chocada quando a entrevistadora nos disse que a empresa só contrata brasileiros porque a lei obriga, me lembro que na ocasião fiquei indignada, porém, hoje estando aqui dentro, infelizmente posso confirmar isso, claro que não é uma regra, porém, o maior índice de desistência está entre os brasileiros, muitos chegam aqui e não conseguem trabalhar uma semana e o que é pior, inventam as desculpas mais esfarrapadas pra sair.

Independente do que você escolha fazer a bordo, venha preparado para trabalhar muito, são muitas horas de trabalho por dia, a rotina é desgastante, tem dias que você não tem coragem de sair da cama, tem dias que você sente saudade de casa, da família, dos amigos, de ir no cinema, esqueça as roupas da balada, normalmente a gente vai no crew bar de uniforme mesmo!

Venha preparado para dar o seu melhor sorriso, mesmo quando você está trabalhando desde as 8 da manhã e já são 22 horas e você está podre de cansado, não agüenta mais, está louco pra ir pra sua cabine e tem um hospede fazendo uma pergunta da mais cretina na sua cara! Aqui é o lugar em que aprendemos a usar duas artes: a paciência e a tolerância!

Sobretudo, venha com o coração e a mente abertos para vivenciar uma realidade totalmente diferente da sua, para conhecer pessoas maravilhosas, fazer novos amigos, conhecer novas culturas, lugares incríveis e para aprender a dar valor para os momentos que passamos com as pessoas que amamos e que sempre passam despercebidos que geralmente não damos tanta importância assim.

A minha idéia não é assustar ninguém, acredito que as pessoas devem vir pra cá cientes de suas escolhas, me lembro de uma conversa minha com o Lucas, em que ele me disse que no face ou Orkut, wherever, sempre postamos fotos de lugares bacanas, todos sorrindo, felizes... Ninguém posta foto chorando, com cara de triste ou cansado, a realidade é essa – se trabalha muito, mas compensa!!!

Pra quem me perguntou se a entrevista é difícil, isso depende de como você se prepara para ela - estude, treine o seu idioma (eu conversava em inglês com o espelho!) pesquise sobre a empresa para qual irá se candidatar, entrevistador adora perguntar: Porque você gostaria de trabalhar na empresa “X”? Se você não sabe nada sobre a Cia, vai responder o que? Saiba o que você quer fazer (de novo!). Se você quer se candidatar a bartender, vá puxando pela memória os nomes e composições dos drinks, pois as perguntas na entrevista são de acordo com a vaga para qual você está aplicando.

Com relação a parte financeira, me perguntaram se os salários compensam.
Bom, pra mim o fato de você estar ganhando um salário em uma moeda mais forte que a sua (as empresas pagam em dólar), não pagar hospedagem nem alimentação e ainda de quebra poder viajar e conhecer vários lugares do mundo todo, acredito que sim, vale a pena.

Pra finalizar, na revista Nova deste mês (janeiro de 2012), tem uma reportagem muito interessante com uma tripulante, falando sobre a vida a bordo.

Quem quiser saber um pouco mais sobre o trabalho de tour Escort, podem me adicionar no face, só por favor identifique-se dizendo que você viu o blog SoNavegando.

Espero ter ajudado! Abraços a todos!

Tati Santos.

2 comentários:

  1. gostaria de um e-mail para contato com vc! queria tirar algumas duvidas sobre o emprego! desde ja agradeço pela atençao

    djleandrolisboa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Tati, estava procurando informações na internet sobre trabalhar em cruzeiros e achei seu blog. Muito bacana seu texto explicativo, realmente fala algumas verdades aí. Pretendo trabalhar nessa area também, se essa vida de concurseiro não me levar a nada, até depois do carnaval devo estar distribuindo alguns curriculuns aí, rs. Tenho experiência de 5anos como Bartender e Inglês intermedio. Obrigado pelas dicas hein, estarei acompanhando seu blog! Bjos e sucesso.

    ResponderExcluir