19 de maio de 2012

Tô trabalhando tanto que tem tripulante pensando que eu desembarquei!!!

É isso mesmo queridos visitantes, outro dia subi na Foto Galeria buscar um material para as excursões e encontrei um amigo do bar que largou uma frase bem sonora: “Tatiii, por onde você anda? Pensei que já tinha desembarcado”!!!
O negócio é que aqui o bicho tá pegando!!! As excursões na Europa são maravilhosas e bem diferentes do Brasil, o ritmo de trabalho é 10.000 vezes mais puxado, os passeios são de dia completo e temos mais passageiros saindo, pra se ter uma idéia, na temporada brasileira tirávamos 3 ou 4 ônibus de excursão no máximo, aqui na Europa, já teve dias que saímos com 18 ônibus!!!
Resumindo: levanto as 6:45 da manhã pra fazer o desembarque, acompanhar as excursões e o dia normalmente pra mim termina ali por umas 22:30. Estamos fazendo a rota do Mediterraneo começando por Barcelona no domingo que é o nosso embarque.
Na segunda estamos em Marselle, aí nós temos excursões para duas cidades, que seria Visita de Marselle e Aix en Provence, na terça estamos em Porto Torres, nesse lugar temos uma excusão que vai para uma cidade chamada Alghero,  na quarta estamos em  Napoles, onde temos muitas excursões como a de  Pompeya y Vesuvio, onde fiz a caminhada até a cratera do Vulcão Vesuvio, fui nas cidades subterrâneas de Napoles, fiz compras e fui comer na pizzaria do filme – Comer, Rezar e Amar, na quinta é Chivitavechia, esse porto é o mais próximo de Roma – minha cidade favorita, também com muitas excursões, que já fiz todas, eu só ainda não encontrei o Papa!!!! Semana passada eu fui na excursão que faz a Capela Sixtina e os Museus do Vaticano, pensei que eu ia infartar, fiquei com o choro preso na garganta, só não chorei porque estava com os passageiros e  sabem como é né? Sou vendedora!
Roma é maravilhosa, e todos os dias eu me sinto privilegiada e agradeço muito por estar aqui, eu já conheci o Vaticano, a basílica de São Pedro, o Coliseu, o Foro Romano, a Fontana di Trevi, Praça Navona, Praça de Espanha... Esse é realmente o dia da rota que eu mais gosto.
Depois na sexta estamos em Livorno, esse Porto está próximo a Pisa e Florencia, que também são lugares impressionantes e  no sábado estamos em Villefranche, nesse dia vamos para Monaco e MonteCarlo, também temos uma excursão para a cidade de Niza, nessa eu ainda não consegui ir.
A cada dia que passa chega mais gente nova no barco e também mais brasileiros retornam para casa, eu ainda não sei quando volto, porém como já fiz uma extensão do meu contrato e já tenho seis meses a bordo, acredito que logo estou voltando pra casa!!!
Desde Tenerife estamos com uma equipe nova, começamos com 6 pessoas e agora estamos só em 4, pois uma colega que é brasileira desembarcou por termino de contrato e  outra colega espanhola foi transferida para o Grand Mistral, de momento não temos previsão quando virá alguém para substitui-las, ou seja, estamos trabalhando mais do que o normal (que já é um horror!!!), por isso que fica difícil escrever com mais freqüência, quando chego na cabine, olho para aquele maravilhoso móvel que se chama beliche e a única frase que sai da minha boca é: “Cama, I miss you”!!!
 Sinceramente, estou enamorada da minha cama!!! Não quero saber de mais nada, o crew bar eu já nem sei mais nem onde fica!
A verdade é que o tempo vai passando e o cansaço vai batendo, mas isso é algo normal e compreensível, e chega um momento em que a única coisa que você consegue pensar é em ir para casa, eu já estou assim, de qualquer forma, continuo insistindo que a vida a bordo vale a pena, claro que não penso que esse seja um trabalho para toda a vida, porque exige que se abra mão de muitas coisas que são importantes: a família, os amigos, descanso... Em contrapartida, é um trabalho que te dá a oportunidade de conhecer muitos lugares, fazer muitos amigos, entrar em contato com outras culturas, aprender coisas novas e também é a forma mais rápida de se conseguir uma boa grana.
Para quem tem interesse em trabalhar a bordo, recomendo que sempre fiquem ligados no site das agências, pois as empresas de cruzeiros estão sempre precisando de gente para trabalhar, pois os embarques acontecem durante todos os meses do ano.
Com esta pequena dica me despido, sempre me desculpando por não escrever tanto quanto eu gostaria e esperando que o meu próximo post eu já possa escrever contando que estou em casa!
Um beijo!
Tati Santos

4 comentários:

  1. Tati, Tati!

    Tão pouca gente pra compor a equipe por aqui, enquanto por aqui até hoje eu to esperando minha data de embarque!!! Desde janeiro!

    Tá dificil a espera, mas, fazer o que! ashdqhsad

    Parabéns, muita felicidade e sorte!

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muito trabalhar em um cruzeiro, mas minha dúvida é sobre a possibilidade de mandar dinheiro pra família do exterior pro Brasil, e como voce recebe? Dollar? Vc pega o pagamento todo mes ou fica em uma conta específica?

    Desde ja agradeço.

    ResponderExcluir
  3. Eu quero muito trabalhar em um cruzeiro, mas minha dúvida é sobre a possibilidade de mandar dinheiro pra família do exterior pro Brasil, e como voce recebe? Dollar? Vc pega o pagamento todo mes ou fica em uma conta específica?

    Desde ja agradeço.

    ResponderExcluir
  4. Berg, depende da companhia. O mais usado é a Ordem de Pagamento q tu recebe aqui e paga uma taxa - varia bastante de banco pra banco.
    Outra opção é a Western Union, que nem sempre funciona na localidade q tu estiver. Certamente no navio o crew office vai te dar alguma alternativa.
    Abração!
    Lucas

    ResponderExcluir