6 de maio de 2010

Tá Difícil?


Oi pessoal, 

Uma visitante do blog fez um comentário pertinente: 

Ela diz querer uma oportunidade nos navios para 'mudar de vida', para conseguir algo melhor para suas filhas. Só que alega ser muito difícil, pois não tem recursos para participar da seleção.

Na real, vários que embarcaram até hoje, fizeram uma 'limpa' nos fundos 'parentais', ou seja, pediram emprestado para todos os conhecidos para conseguirem embarcar.

Eu mesmo tive que pedir emprestado algum para complementar os recursos e conseguir fazer a seleção - que na época foi praticamente toda em Santos, a 1.200 km de minha casa.

Foi dureza, sim. Mas eu estava muito determinado. Eu acreditava que iria conseguir. No entanto foram várias as provas para ver se realmente acreditava.

Por exemplo, eu aprendi a ouvir, falar, ler e escrever inglês sozinho. Passei quase 20 anos treinando. O inglês do ensino médio era muito fraco, mas foi o mundo da informática (hoje Tecnologia da Informação) que me empurrou para o aprendizado da língua. E eu estava certo q meu inglês ainda não estava como deveria. Mas a companhia me deu a oportunidade de aperfeiçoar a bordo, e foi o que eu fiz.

Assim foi a questão do serviço de garçom. A Princess ofereceu um curso excelente de uma semana de Buffet Steward, com certificado entregue pelo próprio Capitão do navio. Hoje é raro oferecerem, mas já temos opções de literatura e apostilas disponíveis para estudar antes da entrevista (o que não existia em 2006).


Gosto de lembrar do caso de uma amiga que resolveu embarcar como Massoterapeuta. Ela foi para a agência STEINER (responsável pelos SPAs na maior parte das companhias), fez o treinamento, passou nos testes e quando chegou na frente do navio pra embarcar, empacou. Parou tudo, cancelou o embarque e resolveu voltar pra casa. Veio conversar comigo uns dias depois e me disse que estava pensando em embarcar. Eu falei:

- Vai, guria! Tu vai me xingar várias vezes, mas no final vai ver como vai voltar renovada.

Dito e feito. Foi, aprendeu, voltou com um namorado espanhol muito simpático. Embarcaram juntos, ficaram um tempo e agora resolveram ir pra Índia, estudar. Detalhe: essa menina embarcou com 50 anos.

Essa é a coisa mais importante que aprendi no navio: o mundo fica plano, você não restringe mais o mundo ao tamanho dos seus medos. Sua vida se expande.

Então, mexa-se! Se você REALMENTE quer embarcar, leia o blog, faça seu Curriculum, acesse as agências, treine seu inglês diariamente. Só não venha chorar as pitangas dizendo que não dá, sem nem mesmo tentar.

Boa sorte!
=====================================
(This post is about stop complaining and going after what you really believe. If you're interested, I can translate in English and post here).
Cheers!



2 comentários:

  1. na princess ainda tem certificado de ingles do curso...eles dao valor ainda ......

    ResponderExcluir
  2. Eu fui atras de agencias que tb ficam longe de minha cidade..minha ame me bancando.. mas queria tanto isso que comecei a mandar meu resume direto para as cias.. a Norwegian me chamou para uma entrevista via skype, passei e embarco no fim do mes em veneza.. td por conta da cia.. passagem, visto e exames.. eh soh correr atras que vc consegue o q quer..

    ResponderExcluir