22 de maio de 2010

Mais Perguntas e Respostas sobre trabalho em navios

(This post is a Q&A about working onboard. Curious? Ask me that I translate).

Aqui vão outras perguntas e respostas de uma futura tripulante:


Bom, eu sei que você deve receber e-mails como esse todos os dias, mas como estou meio perdida resolvi perguntar pra quem sabe!
Suas perguntas respondidas vão para o blog (após retirar os nomes, preservando o anonimato). Assim outras pessoas podem se beneficiar das respostas.

Bom, moro em Curitiba e quero entrar na Princess, pois li muito sobre a empresa e tenho uma conhecida que foi a alguns anos atrás e adorou.

A Princess é ótima como companhia de cruzeiros. Mas lembre que isso é uma referência diferente de uma empresa regular. Trabalhar em cruzeiros é diferente.
Eu não tenho a mínima ideia sobre os serviços de um Buffet Steward, então resolvi pesquisar e não gostei muito do que li. Agora estou disposta a aplicar para uma outra função mesmo que não esteja aberta ou para uma outra companhia.

Buffet Steward é garçom de buffet (entre US$ 800 e US$ 1.200, mensais na Princess). Foi a função q eu desempenhei Pra teres uma idéia da correria, perdi 4 kg (quilos que estavam sobrando mesmo) em 10 dias. É um degrau importante para chegar a garçom (Waiter - entre US$ 3.000 e US$ 4.500, na Princess), antes passando por assistente de garçom (JrWaiter - entre US$ 1.800 e US$ 2.500, na Princess).

O Buffet Steward passa a maior parte do tempo limpando - as mesas, o restaurante, o carpete, a área de lava-pratos no fim do expediente, etc. Se tu fores eficiente e te dedicar, eles te mandam pra Tratoria Italiana ou pro restaurante para trabalhar como ACTING Jr Waiter - uma espécie de experiência pré-promoção. Normalmente a promoção só vem na última semana do contrato. 

É uma função para quem gosta de servir comida e ser garçom.
Então, ai estam minhas perguntas...pra qual função?
Eu quero ganhar uma grana legal, mesmo que seja pra trabalhar bastante, mas não uma carga horária terrível! Eu tenho inglês fluente (morei nos USA por alguns anos), tenho curso de bartender (realizado nos USA), experiência em restaurante e em recepção de empresas. Ai, to tão perdida, você não faz nem ideia!

Se você quiser uma carga horária bem legal, moleza, divertida, vc precisa ir pro Entertainment como dançarina. É o único lugar q conheço q é moleza e se ganha bem (nunca como um garçom ou bartender).

Como fotógrafa, o departamento é mais descolado, a galera é gente boa e faz muitas festas. A carga horária é maior, mas não chega a 11h diárias.

No PSD (atendimento a passageiros), normalmente pedem 4 línguas. A carga é maior, mas tem muito mais regalias (folgas, acesso as piscinas, restaurantes, etc.).

No SPA, você precisa fazer a seleção com a Steiner (veja um post anterior sobre vagas para massoterapeuta, cabeleireira, fitness, etc.).

No Accomodation (camareira) também rolam boas gorjetas, mas pelo visto teu negócio não é ficar arrumando cabines (mas tem muita gente que adora fazer isso e tem ótimos resultados também).

No BAR, rola mais ou menos a mesma grana do restaurante - o lucro vem das bebidas. Os salários são parecidos (veja acima), mas o Bar Steward geralmente ganha mais do q o Buffet Steward, então seria um bom começo. Se tu tiver mais de 1 ano trabalhando em bares, com experiência em coquetéis, tu pode te candidatar a Bartender e caso tu passe isso pode ser muito bom. Mas prepare-se para uma seleção ferrada, portanto estude e revise teus conhecimentos.

Ao que me parece, teu estilo é mais pro bar. Só cuida pra não virar fã de manguaça pq a galera enxuga umas com frequencia.
E se por um acaso eu não conseguir aplicar para essas funções, quais são as outras empresas de cruzeiro que você recomendaria? A Royal eu ouvi dizer que é boa...

Já ouvi opinioes diversas sobre a RCCL (Royal). Alguns adoram outros odeiam. Mas é a única que compete com  a Princess no mesmo nível.

Depois disso tem a Carnival, a Costa e a MSC que são boas opções. Mas primeiro mira na Princess e na RCCL.

Se teu objetivo é fazer carreira, pense no mercado de iates (veja os posts anteriores no blog).
Bom, você tá ai dentro, quais são as funções que você gostaria de exercer (não sendo capitão). 

Meu plano era, em 3 a 4 anos:
Buffet Steward - Jr Waiter - Waiter - F&B Supervisor (ou não) - Yacht Steward - Yacht Chief Steward
    US$ 1.100,    U$ 2.000  U$3500            U$ 4500                     U$ 4000              EU$ 5000

E depois juntar a grana e decidir o que fazer.
No 2o contrato (as vesperas de minha promoção), eu caí e quebrei um pedaço da vértebra, o q me fez voltar pra casa. 
A parte boa é q conheci minha noiva e futura esposa. =)
Alguma dica legal pra passar na entrevista, sei lá...

Seja o que você é, mas sem exageros, tapa nas costas, gargalhadas. Eles querem pessoas simpáticas mas que não sejam muito barulhentas e que tenham conhecimento do que vão fazer. Quanto melhor o inglês, melhores as oportunidades. Então dá aquela treinada legal nos dias antes da entrevista, assistindo CNN, conversando em ingles, etc..
Bom, desculpa vir com essas perguntas cliches, mas sinto que o pessoal do orkut não tem muita paciência para apontar algumas empresas e funções expecíficas..

Fica tranquila, o papel que escolhi é ajudar as pessoas a embarcar.

Me ajude a divulgar o blog e clique nos anuncios que achar interessante. Desde já te agradeço.

Lucas Selbach
http://sonavegando.blogspot.com



13 de maio de 2010

Nova temporada de cruzeiros abre 5,5 mil vagas



Paula Takahashi - Estado de Minas
Publicação: 08/05/2010 08:11 Atualização: 08/05/2010 08:21
Mal terminou a temporada brasileira de cruzeiros e as companhias de recrutamento já estão trabalhando a todo o vapor para selecionar a tripulação que embarcará a partir de outubro. Quatrograndes empresas do ramo abriram 5,5 mil oportunidades de emprego a bordo com salários que podem chegar a US$ 5 mil (cerca de R$ 9,2 mil com o dólar cotado a R$ 1,85) para cargos de gerência. Na temporada 2010/2011, que vai de outubro deste ano a maio do ano que vem, o número de rotas deve ser 30% maior, enquanto a geração de vagas terá um incremento de 15%, ou 600 vagas a mais, segundo a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar).

A expectativa é de que 19 navios atraquem na costa brasileira, sendo quatro deles inéditos, e cumpram um planejamento de pelo menos 392 cruzeiros. Todos deverão respeitar a legislação nacional, que prevê uma tripulação composta por, pelo menos, 25% de trabalhadores locais. Somente na última temporada, quatro mil pessoas foram empregadas nos 18 navios que percorreram o litoral do país. “Este número é praticamente 10 vezes maior quando contamos os empregos gerados em escritórios, agências de viagem, receptivos e nas cidades onde os navios fazem escala”, explica o presidente da Abremar, Ricardo Amaral.

Outra novidade é a abertura de 600 vagas exclusivas para a área de entretenimento nas embarcações da norte-americana Royal Caribbean. A seleção, feita pela Infinity Brazil, já começou e os interessados têm até segunda-feira para se candidatarem. “As vagas são para posições mais elevadas no navio e os aprovados já devem embarcar a partir de julho e agosto”, afirma a diretora-executiva da Infinity, Jerusa Pedrosa. Para fazer juz aos salários, que podem chegar a US$ 3 mil, os candidatos devem preencher uma série de requisitos, a começar pela fluência no inglês e a experiência mínima de dois anos na função pretendida. “De acordo com o cargo, ainda é exigida graduação”, acrescenta Jerusa. Um exemplo é o cargo de recreador de crianças, que exige ensino superior completo em pedagogia, letras ou hotelaria e a função de recreador de esportes, que requer graduação em educação física.

Além da avaliação do currículo, os candidatos ainda passarão por entrevista com representante da Royal Caribbean no Brasil e recrutadores americanos, que estarão no país para entrevistas em junho. A empresa ainda tem outras 1,5 mil chances para atuação em uma das 15 companhias marítimas com as quais trabalha para funções que vão desde a limpeza até massagista.

Currículos


Ainda para a Royal Caribbean, a Sun&Sea oferece 800 oportunidades para cargos com salários entre US$ 600 e US$ 2 mil fixos, sem contar os cargos que têm gorjetas. A empresa recebe currículos o ano todo e a grande vantagem para quem não mora em São Paulo é que a entrevista com o recrutador pode ser feita pela internet, pelo Skype. “A idade mínima para participar é de 21 anos e pessoa deve ter um inglês avançado e tempo de experiência, que varia de cargo para cargo”, afirma Bruno Bianchi, assistente de recrutamento da Sun&Sea. Não são exigidos outros idiomas, mas o conhecimento de mais línguas é diferencial no momento da contratação.

Os aprovados em qualquer uma das seleções poderão trabalhar em qualquer rota do mundo operada pela companhia marítima em um período que vai de seis a 10 meses. Em geral, o embarque é realizado no país de origem da empresa, assim como o desembarque. “A pessoa trabalha no Brasil na temporada nacional e, se o navio for europeu, segue com ele para a temporada europeia. No primeiro contrato, a passagem aérea de ida costuma ser cobrada pela companhia no salário do funcionário. A volta é por conta da empresa”, explica Jerusa.

Fonte: Uai.



6 de maio de 2010

Tá Difícil?


Oi pessoal, 

Uma visitante do blog fez um comentário pertinente: 

Ela diz querer uma oportunidade nos navios para 'mudar de vida', para conseguir algo melhor para suas filhas. Só que alega ser muito difícil, pois não tem recursos para participar da seleção.

Na real, vários que embarcaram até hoje, fizeram uma 'limpa' nos fundos 'parentais', ou seja, pediram emprestado para todos os conhecidos para conseguirem embarcar.

Eu mesmo tive que pedir emprestado algum para complementar os recursos e conseguir fazer a seleção - que na época foi praticamente toda em Santos, a 1.200 km de minha casa.

Foi dureza, sim. Mas eu estava muito determinado. Eu acreditava que iria conseguir. No entanto foram várias as provas para ver se realmente acreditava.

Por exemplo, eu aprendi a ouvir, falar, ler e escrever inglês sozinho. Passei quase 20 anos treinando. O inglês do ensino médio era muito fraco, mas foi o mundo da informática (hoje Tecnologia da Informação) que me empurrou para o aprendizado da língua. E eu estava certo q meu inglês ainda não estava como deveria. Mas a companhia me deu a oportunidade de aperfeiçoar a bordo, e foi o que eu fiz.

Assim foi a questão do serviço de garçom. A Princess ofereceu um curso excelente de uma semana de Buffet Steward, com certificado entregue pelo próprio Capitão do navio. Hoje é raro oferecerem, mas já temos opções de literatura e apostilas disponíveis para estudar antes da entrevista (o que não existia em 2006).


Gosto de lembrar do caso de uma amiga que resolveu embarcar como Massoterapeuta. Ela foi para a agência STEINER (responsável pelos SPAs na maior parte das companhias), fez o treinamento, passou nos testes e quando chegou na frente do navio pra embarcar, empacou. Parou tudo, cancelou o embarque e resolveu voltar pra casa. Veio conversar comigo uns dias depois e me disse que estava pensando em embarcar. Eu falei:

- Vai, guria! Tu vai me xingar várias vezes, mas no final vai ver como vai voltar renovada.

Dito e feito. Foi, aprendeu, voltou com um namorado espanhol muito simpático. Embarcaram juntos, ficaram um tempo e agora resolveram ir pra Índia, estudar. Detalhe: essa menina embarcou com 50 anos.

Essa é a coisa mais importante que aprendi no navio: o mundo fica plano, você não restringe mais o mundo ao tamanho dos seus medos. Sua vida se expande.

Então, mexa-se! Se você REALMENTE quer embarcar, leia o blog, faça seu Curriculum, acesse as agências, treine seu inglês diariamente. Só não venha chorar as pitangas dizendo que não dá, sem nem mesmo tentar.

Boa sorte!
=====================================
(This post is about stop complaining and going after what you really believe. If you're interested, I can translate in English and post here).
Cheers!



3 de maio de 2010

Empresa de cruzeiros oferece 800 vagas no Brasil - Terra -Economia






A companhia de cruzeiro Royal Caribbean International oferece neste ano cerca de 800 vagas de empregos para profissionais com 2º grau completo no Brasil. As oportunidades são para atuação a bordo dos navios da empresa.
As vagas são para as áreas de entretenimento, hotelaria, gastronomia, espetáculos, entre outras. Alguns dos cargos disponíveis são auxiliar de serviços gerais, assistente de cozinheiro, garçom, atendente de restaurante, camareiro, recreador, técnico de espetáculo, recepcionista de hotel, dealer de cassino e gerente de hotelaria, entr outros.
Entre o total de vagas, 600 delas estão sendo disponibilizadas através da Infinity Brazil, empresa especializada em recrutamento para navios de cruzeiro. Há também oportunidades para diretor de cruzeiros (responsável por toda programação de entretenimento do navio), DJ, fotógrafos, assistente de palco, técnico de som e técnico de iluminação.
Para os cargos procurados pela Royal Caribbean, a média salarial mensal é de R$ 900 a R$ 3.500, em um contrato de seis meses, segundo a Infinity Brazil. A seleção será feita em São Paulo.
Para o cargo de diretor de cruzeiros, o candidato deve ter experiência mínima de cinco anos em navios. Já os candidatos à função de recreador de crianças devem ter concluído o Ensino Superior em Pedagogia, Letras ou Hotelaria.
Os contratos de trabalho duram cerca de 8 meses. Os aprovados poderão trabalhar nos navios da Royal Caribbean, Celebrity Cruises e Azamara Cruises, no Brasil e exterior.
Além do grau de escolaridade, a Royal pede que os candidatos sejam maiores de 21 anos, tenham inglês fluente, conhecimento na área desejada, e dinamismo. Os interessados devem enviar currículo para "recrutamento@rccl.com.br"ou acessar o site www.infinitybrazil.com.br até 10 de maio. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (13) 3224-7734.